OMS: 422 milhões de pessoas no mundo vivem com diabetes


Autor: Sedac
Data publicação: 18/11/2016

OMS: 422 milhões de pessoas no mundo vivem com diabetes

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 422 milhões de pessoas no mundo vivem com diabetes. Em 1980, os diabéticos eram 108 milhões, o número quase quadruplicou em pouco mais de três décadas.

\r\n\r\n

Conforme a agência da Organização das Nações Unidas (ONU), a doença é a maior causa de cegueira, problemas renais, ataques do coração, derrames e amputações. A prevalência de diabetes tem aumentado de forma mais rápida em países de baixa e média rendas.

\r\n\r\n

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, quer mais ações de prevenção e para melhorar o sistema de serviços de saúde. Ban Ki-moon disse que o objetivo é que “todas as pessoas que tenham essa doença debilitante possam receber o apoio que precisam”.

\r\n\r\n

Ele afirmou que como os pacientes não sentem dor e as mudanças são graduais, as pessoas só percebem que têm um problema quando começam a perder a visão.

\r\n\r\n

O secretário-geral explicou que “nessa altura pode ser muito tarde”. Ban disse que também “é vital que todas as pessoas com diabetes façam exames de vista regularmente com profissionais especializados”.

\r\n\r\n

De acordo com o chefe da ONU, “se as pessoas puderem controlar o nível de glicose e da pressão sanguínea, vão poder reduzir os riscos”. Ban Ki-moon declarou que a cada ano, o diabetes se torna mais comum, principalmente por causa do envelhecimento da população e do aumento da obesidade.

\r\n\r\n

Com informações Rádio Vaticano

\r\n

Fan Page

Informativo

Social

  • © Copyright 2017 Faculdade Catolica de Mato Grosso - FACC - Todos os direitos reservados.