V Simpósio de Teologia e Filosofia discute a ‘Alegria do Amor’


Autor: Sedac
Data publicação: 04/11/2016

V Simpósio de Teologia e Filosofia discute a ‘Alegria do Amor’

Até amanhã, sábado, cinco de novembro, estudantes e professores da Faculdade Católica de Mato Grosso – Sedac e de outras instituições de ensino superior participam do V Simpósio de Teologia e Filosofia. “O simpósio está muito enriquecedor, justamente porque temos excelentes discussões sobre a ‘alegria do amor’”, frisa um dos organizadores do evento, o presidente do Diretório Acadêmico da Faculdade – Sedac, Michael Erlo.

\r\n\r\n

De acordo com o seminarista e estudante de Teologia, a Exortação Apostólica pós-Sinodal do papa Francisco sobre a família. “Amoris laetitia”, a “Alegria do Amor”, além de tema do evento, tem inspirado os participantes a contribuírem com visões e posições fundamentais que são importantes, de forma geral, para o crescimento individual e coletivo na caminhada de evangelização na família e na sociedade.

\r\n\r\n

Na abertura do simpósio, na noite de ontem, terça-feira, três de novembro, o diretor-geral da Faculdade Católica, padre Edson Sestari, destacou a importância do simpósio para a comunidade acadêmica, como também para a sociedade. “O simpósio é momento de integração e troca de conhecimentos, independente do tema. E neste ano, por exemplo, de forma especial, que discutimos aspectos sobre a família, baseados na exortação do papa Francisco, as posições filosóficas e teológicas ficam mais encantadoras”, destaca o diretor-geral.

\r\n\r\n

Além do diretor-geral, e do presidente do Diretório Acadêmico, o coordenador do Curso de Teologia, padre Carlos Viana, e o vigário-geral da Arquidiocese de Cuiabá, padre Deusdédit de Almeida, falaram na abertura do evento sobre a importância do simpósio.

\r\n\r\n

Durante o simpósio, que será encerrado no sábado, às 18 horas, serão apresentadas cinco pesquisas relacionadas ao tema, sendo que uma delas é de uma estudante do Curso de Psicologia, da Universidade de Cuiabá (Unic), de Sinop (500 Km de Cuiabá). Esses trabalhos foram aprovados pela comissão científica do evento, comporta por professores de Teologia e Filosofia.

\r\n\r\n

Estudos aprovados – A vida cristã na perspectiva do Reino de Deus – Autor: Diácono Francisco do Amaral Carvalho Dockhorn – Acadêmico de Teologia da Faculdade Sedac.
\r\n– A perspectiva da Graça na imperfeição: uma abordagem pastoral da Amoris Laetitia – Autor: Gilson Cristiano Tardivo – Acadêmico de Teologia da Faculdade Sedac.
\r\n– Gigante pela própria natureza (sobre a vivência familiar e comunitária dos índios Panará) – Autor: Jonas dos Santos Silva – Acadêmico de Teologia da Faculdade Sedac.
\r\n– O impacto midiático na relação conjugal – Autor: Maiara Quaini – Acadêmico de Psicologia da Universidade de Cuiabá – Campus Sinop (Aeroporto).
\r\n– O dado estrutural na eclesiologia da Amoris Laetitia – Autor: Marcelo Vinicius de Oliveira – Acadêmico de Teologia da Faculdade Sedac.

\r\n\r\n

Programação – O palestrante convidado é o padre Wladimir Porreca, da Diocese de São João da Boa Vista (SP), professor doutor e pesquisador sobre a temática Família da Universidade de Brasília (UNB), no Distrito Federal. Ele vai falar sobre “As diferentes configurações da família: desafios e possibilidades” e “Família cristã recurso para a pessoa e sociedade”.

\r\n\r\n

Além das palestras com o padre Porreca e a apresentação de trabalhos científicos, o simpósio terá mesas de discussões e rodas de conversas, com os seguintes assuntos: Psicologia, Logoterapia, Pastoral Familiar, Serviço Social, Família nas sociedades indígenas, A transmissão da vida e a educação dos filhos e Família e educação sistêmica.

\r\n\r\n

Localização – A Faculdade Católica de Mato Grosso fica na Rua do Seminário, 105, bairro Cristo Rei, em Várzea Grande. Outras informações pelo portal: www.sedac.edu.br, e-mail: secretaria.geral@sedac.edu.br, ou pelos telefones: (65) 3685 0897 – 98459 2487.

\r\n

Fan Page

Informativo

Social

  • © Copyright 2017 Faculdade Catolica de Mato Grosso - FACC - Todos os direitos reservados.